CalçadosEquipamentos e Reviews

Review do tênis para trilha Quechua MH100 Impermeável

Eu estou usando o tênis Quechua MH100 impermeável desde o final de 2020. Depois de testá-lo em diversas situações diferentes eu resolvi fazer esta avaliação para compartilhar com vocês a minha opinião sobre esse tênis impermeável para trilha vendido pela Decathlon.

Existem duas versões do MH100, uma impermeável e uma sem impermeabilização (mais barata). Além disso, existem modelos femininos e masculinos. Portanto, existem 2 modelos para as mulheres (um com impermeabilização e outro sem) e 2 modelos para os homens (igualmente, com e sem impermeabilização).

Quando eu comprei o Quechua MH100 impermeável eu estava procurando um tênis outdoor multifuncional, ou seja, um calçado servisse para trilhas com um dia de duração, viagens em geral e que pudesse que atender nos pedais de MTB por estradas de terra (onde eu prefiro estar com um tênis de trilha se eu precisar empurrar a bike em um terreno mais acidentado, com lama, etc).

Tênis impermeável para trilha Quechua MH 100 Decathlon

Quechua MH 100 impermeável nas duas cores disponíveis quando este texto foi publicado

Tênis Quechua MH100 impermeável

Calçado é um item muito pessoal, alguns preferem um tênis mais leve, menos robusto, sem impermeabilização, etc. Particularmente eu escolhi esse modelo por causa de quatro fatores: solado, construção, impermeabilidade e preço. Posso dizer que nestes quesitos ele se saiu bem. O solado tem uma aderência muito boa, a impermeabilização funciona perfeitamente e, até agora, o calçado não apresentou nenhum problema de descolamento do solado ou rasgos no cabedal.

Solado do tênis de trilha Quechua MH 100

Solado do tênis de trilha Quechua MH 100

Os cravos do solado CROSSCONTACT são altos (5mm segundo o site da Decathlon.com) e têm uma durabilidade ótima, levando em conta o uso nas trilhas. A biqueira reforçada com borracha protege a frente do tênis e oferece uma segurança a mais para os pés em caso de topadas.

Tênis impermeável para trilha Decathlon

Impermeabilização

A membrana de impermeabilização deste tênis da Quechua funciona perfeitamente, desde que a água não ultrapasse o ponto onde a lingueta se une ao cabedal, é claro.

Em duas ocasiões recentes a impermeabilização dele manteve meus pés secos: quando atravessei um pequeno charco na trilha do Pico do Tabuleiro e quando acampei em um gramado molhado (duas situações onde quem estava usando calçados sem impermeabilização ficou com as meias molhadas). Esses são apenas alguns exemplos simples de situações onde a impermeabilização pode fazer a diferença entre ficar com as meias molhadas ou não.

Tênis impermeável para trilha

Esse modelo é respirável, mas impermeabilização faz com que a respirabilidade dele seja menor do que a de um tênis comum. Por isso mesmo é importante que você escolha a meia adequada para o clima onde o tênis será usado. Cuidado com as meias que você irá usar em climas quentes, evite as meias grossas demais ou feitas com materiais específicos para climas frios. A meia errada irá afetar seu conforto, e por falar nisso…

Avaliação tênis impermeável Quechua

Conforto

A percepção de conforto pode variar de pessoa para pessoa, por isso mesmo o que eu vou mencionar abaixo pode não se aplicar para todas as pessoas.

Na minha opinião o MH100 impermeável é confortável no geral, mas alguns detalhes merecem atenção:

1. Ele não foi criado para trilhas longas. Segundo consta no site internacional da Decathlon ele é indicado para caminhadas com duração de até 6 horas ou 19km. Comigo o MH100 apresentou uma redução no conforto nas caminhadas com mais de 10Km, causando desconforto nos pés (mesmo com mochilas leves);
2. As palmilhas poderiam ser melhores – isso já ajudaria a melhorar o conforto do tênis, creio.

Recentemente eu troquei as palmilhas originais por outras. Ainda não consegui testar o conforto após esta troca, mas quando isso acontecer eu atualizo esta parte da avaliação. Na minha opinião o problema com o conforto está relacionado principalmente com as palmilhas mais simples.

O tênis possui uma boa flexibilidade durante a caminhada, isso ajuda na percepção do conforto, ele não é “duro demais” durante o uso. Além disso, o cabedal é espaçoso e a parte frontal do tênis não me incomodou, como acontece em alguns calçados onde a região dos dedos é mais apertada.

Esse tênis pede uma boa meia, apropriada para caminhada. Eu fiz algumas trilhas com meias comuns para testar o conforto e o tênis me incomodou um pouco nestas caminhadas, principalmente na região ao redor do calcanhar e durante subidas mais íngremes. Para um uso mais esporádico, em trilhas curtas ou na cidade, a meia não fez diferença alguma.

O cadarço é bem longo, o que pode ser bom para alguns e ruim para outros, mas o fato é que existe cadarço de sobra para amarrar o tênis e ainda dar um nó de segurança por cima para evitar que ele desamarre ao longo do caminho. Porém, o cadarço desamarrou algumas vezes durante o uso mesmo quando estava com um nó de segurança por cima.

Pedalando com o Quechua MH100

Esse é um uso bem alternativo e pessoal. Pra mim, o MH100 funciona como calçado principal em viagens curtas de bike, onde ele pode ser usado durante o pedal, mas também me atenderia em trilhas ou na cidade.

Como eu pedalo sem clip resolvi testar o Quechua MH100 nessa situação e ele se saiu bem. Desta forma eu consigo poupar algum espaço nos alforjes/bolsas da bike nas pedaladas longas em estradões de terra ou cascalho e continuo tendo um tênis funcional para outros usos ao longo do caminho.

Vale comentar que existem opções de calçados mais leves e ventilados do que o Quechua MH100 que seriam melhores para este uso alternativo, por exemplo, um tênis de trail running. Aliás, essa é uma ótima opção para quem deseja tênis mais leve e não se preocupa com a impermeabilização. Alguns tênis para trail running possuem preços na mesma faixa do MH100, inclusive modelos da própria Decathlon. Porém, como eu disse antes, um dos fatores para escolha dele na época da compra foi o preço mais baixo do que outras opções que estavam na minha lista (além da vontade de testar um calçado da Quechua).

Conclusão

Esse foi o meu primeiro calçado outdoor comprado na Decathlon. Eu já esperava que o conforto dele não seria tão bom quanto outros calçados que eu já tive, portanto não tinha grandes expectativas neste aspecto. Mas eu tinha uma pulga atrás da orelha sobre a durabilidade, aderência e se ele seria uma boa compra ou não.

Quem está acostumado com a Decathlon sabe que eles classificam o nível técnico dos produtos usando números, normalmente 100, 500 e 900. Onde os produtos com 100 no nome são os mais simples (itens de entrada); os produtos classificados como 500 são os intermediários e os produtos classificados com 900 são os mais técnicos (e caros). Isso acontece com muitos produtos das marcas da Decathlon, não somente com os calçados.

Existem os modelos MH500 e MH900 deste tênis, ambos bem diferentes e mais técnicos do que o MH100 (aqui no Brasil eu só achei o MH100 e o MH500). Ou seja, o Quechua MH100 é um calçado de entrada e, portanto, ele deve ser analisado levando isso em conta.

Depois de usar o Quechua MH100 impermeável por mais de um ano eu posso dizer que o único ponto onde ele poderia melhorar é no conforto. O tênis é resistente, tem uma boa aderência e uma boa impermeabilização. Nada descolou ou rasgou até agora e o solado apresentou um desgaste dentro do esperado pelo uso que eu fiz dele. Eu recomendaria o Quechua MH100 para quem está buscando um tênis com as características dele para usar em trilhas curtas e médias.

Tênis para trilha Quechua MH100 impermeável

8

Um calçado para trilhas curtas e médias (ideal para o uso em trilhas de um dia e com mochilas mais leves). Poderia ser mais confortável, mas é um ótimo calçado se levarmos em conta as outras características.

Pontos Positivos
  • Possui uma versão impermeável e uma sem impermeabilização (atendendo quem não gosta dessa característica).
  • Solado com boa aderência e durabilidade.
  • A impermeabilização funciona perfeitamente.
  • Não é o calçado mais barato do mercado, mas também não é o mais caro.
Pontos Negativos
  • Não é tão confortável quanto calçados de outras marcas.
  • Pede uma meia adequada ou pode incomodar em alguns pontos do pé (pode ser um detalhe pessoal).
  • Cadarço desamarrou algumas vezes durante o uso (mesmo com um nó por cima, às vezes)
Trekker, montanhista, mochileiro e ciclista. Pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, viagens, cerveja e tecnologia.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *