Viagens e Aventuras

Expedição Pachamama partindo para Bolívia!

Demos o primeiro passo da nossa Expedição rumo ao desconhecido e toda aquela ansiedade decorrente do planejamento começa a dar espaço para uma curiosa calma interior.

Rafael embarcou na terça-feira e eu (Renato) me despedi de terras tupiniquins na sexta-feira passada. Os últimos detalhes foram alinhados: checklist conferidos pela enésima vez, equipamentos revisados, reduzindo peso aqui e ali… O processo entre começar a arrumar os equipamentos da expedição até finalmente fechar o zíper da mochila cargueira é surpreendentemente complexo até mesmo para um mochileiro de muitas idas e vindas como nós. Praticamos insistentemente o desapego de ítens que não terão ao menos duas ou três utilidades distintas na montanha.

As porções de comida, peças de vestuário, acessórios de escalada, tudo está sendo muito bem pensado e pesado em gramas. Neste checklist, diversos ítens pessoais como shampoo, barbeador, camisetas bacanas, perfume etc foram sumariamente excluídos e deram espaço para alguns metros de silver-tape,comida liofilizada, cordas, ferragens, materiais de primeiros socorros, radiocomunicadores e algumas dessas balas de menta que desentopem até o muco da alma!

Ainda deixamos um espacinho para carregar pequenos distrativos: um pequeno livro, alguns chocolates e quem sabe uma lembrança do nosso país para os povos nativos das montanhas que nos acolhem sempre com muita humildade e cordialidade.

Nessas últimas semanas aproveitamos também para intensificar os treinos e reforçar a alimentação. Estivemos escalando na Falésia Paraíso em Pindamonhangaba e realizando um trekking ao cume do Pico
dos Marins, bastante carga na mochila e ritmo acelerado, seguem algumas fotos desses dias de treino.

Gostaríamos de agradecer todos os apoiadores deste projeto: empresas, sites de aventura, veículos de mídia e principalmente amigos e familiares que nos apoiam com mensagens bacanas. Com certeza essas palavras servirão de incentivo quando estivermos encarando nossos grandes desafios e mente achar que não podemos mais subir aquele último degrau ou avançarmos em direção aos 100 metros finais.

O vento gelado ja bate no rosto… Até o próximo texto direto de La Paz.

Bons Ventos!

Renato Onorato e Rafael Barbosa.

Trekker, montanhista, mochileiro e ciclista. Pratica esportes outdoor desde 1990. Apaixonado por equipamentos, fotografia, viagens, cerveja e tecnologia.

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.